Theme by : botaodecerejeira ©
Muito prazer, meu nome é otária!

1/372 »
Elisa Bartlett  (via romeuemcrise)
Sou o oposto
do verso
tu és brisa
eu, concreto.

Se não

apagou:

Se não flui, paralisa.

Se não plaina, mergulha.
Se não quebra, eterniza.
Se não racha, incorpora.
Se não mata, transforma.
Se não escreve, deteriora.

Elisa Bartlett

Elisa Bartlett.   (via apagou)
Gosto quando a poesia salta do papel e continua no ar. Ela flutua.
Querido John.   (via romeuemcrise)
É que eu sou uma pessoa difícil de lidar, de conviver, de amar.
Pedro Bial.   (via apagou)
Brinque com o que você quiser, mexa no que bem entender, mas jamais, em hipótese alguma, fira os sentimentos de alguém. Não prometa nada além do que pode cumprir.
Tiago Iorc.    (via sorriso-so-risos)
E se tropeçar, do chão não vai passar. Quem sete vezes cai, levanta oito.
Johnny. (via apagou)
Sinto saudades de mim, aonde foi que me deixei?
Tati Bernardi.  (via romeuemcrise)
Aprendi a amar menos, o que foi uma pena, e aprendi a ser mais cínica com a vida, o que também foi uma pena, mas necessário. Viver pra sempre tão boba e perdida teria sido fatal.
Clarice Lispector.   (via solofiero)
Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso.
Cartas dos Derrotados. (via romeuemcrise)
Com um sorriso ela dizia: “Não ligo”, e seu coração palpitando gritava:”Não aguento”.
Tati Bernardi (via porvir)
Coloquei nas mãos de Deus. E venho pedindo: Que seja doce, que seja doce, mas… Que não enjoe!

Eu queria esta em qualquer lugar, menos aqui!